Sobre as coisas mais lindas que eu vi por aí…

Começo a semana pensando em nós dois: Eu que escrevo e você que me lê. Pensar em mim é me colocar no tamanho certo do mundo, mas pensar em você não me deixa sozinha e por mais que a gente tenha um tamanho definido, quando estamos juntos somos maiores. Obrigada por me deixar ser nós dois nesse momento. E se quiser, seremos assim enquanto estivermos eu e você.   (Desenho de Matheus Ribs) 

ribs-tirinhas1

E é pra você que eu digo que sorrir é mais importante que buscar ser feliz. Felicidade é um momento e buscá-la não tem sentido; ela vêm quando a gente não espera e marca uma situação. Agora o sorriso sim: É intencional, faz bem e gera o sorriso de volta. Portanto amigos, busquem, arranquem ou proporcione sorrisos nas pessoas. Se fizer, prometo que alguma coisa na sua semana vai te fazer “feliz”.

tumblr_natqmax94N1tk8wb3o1_r1_1280

E em tempos de relacionamentos virtuais, encontros via internet e aplicativos, você já pensou em sair da tela do celular ou do seu computador e dar uma olhadinha ao seu redor? Esse é o conceito por trás dos Tinder Cards – cartões de papel que imitam a interface do Tinder (o aplicativo de encontros virtuais), mas que foram feitos para observar quem está à sua volta e até brincar com isso, arranjando aquele sorriso maroto que eu disse agora há pouco.

marriedlife-620x465

Agora se você, leitor (a), se encontra no momento compromissado, relacionando-se e e morando junto, essa semana li um texto incrível com o seguinte título: O que ninguém conta sobre morar junto. No texto, você vai entender que morar junto é uma empresa, que seu parceiro só mostra a versão melhorada de quem é, que a relação muda no primeiro dia, que a individualidade existe e deve ser preservada e que sim existe e precisa existir o silêncio. Recomendo aos casais.

Este vídeo da banda australiana The Paper Kites foi todo feito em stop motion, com 4.000 fotos perfeitamente alinhadas e sincronizadas, de diversos rostos diferentes cantando a mesma música. Ou seja, amigos, não estamos sozinhos nem quando achamos isso. E às vezes falamos a mesma língua e só não nos conhecemos por falta de disposição e não de tempo.

scaled_we_can_all_do_it_cinese

Mas um dos textos que me inspirou essa semana, foi esse aqui: Mulher, você é livre. Segue dois trechos: “… Imaginem a surpresa dos homens quando perceberem que algumas mulheres sabem mais sobre carro ou futebol do que eles próprios. Imaginem quando descobrirem que elas não sabem fazer panquecas e que, pior ainda, não estão nem um pouco interessadas em aprenderem!” “…..você pode e deve fazer o que quiser, seja homem ou mulher, desde que não desrespeite ou agrida o outro.”

m-monstro-4639-15-12-11

E nessa de se relacionar, dando certo ou errado, o bom é saber rir de tudo isso, ter história pra contar e jamais se prender a alguém por insegurança, por medo de ficar sozinho ou por uma babaquice chamada “idade certa para as coisas”. Você não precisa se casar, ter filhos ou ser bem sucedido antes dos 30, para ter momentos bons. Mas você precisa aproveitar seu tempo pra se conhecer, se entender, errar pra cacete e aprender com tudo isso. O que é bom, a gente deixa vir naturalmente… E pra inspirar suas vontades e desejos, saiba que você não está sozinho (a) e que com certeza têm alguém querendo te acompanhar nos seus sonhos, maluquices e projetos de vida. Seja o que for, te desejo o melhor sorriso essa semana. E não tenha medo de voar alto. A gente precisa se arriscar de vez em quando, pra sair da “mesmice”. E se quer inspiração pra sair dessa página e começar um novo dia, assista esse vídeo e pule junto. E se com tudo eu já arranquei de você um sorriso ou um esboço dele, já fiz meu dia também…

 

 

 

 

 

 

 

30 links que me pegaram de jeito, na semana passada.

Às vezes um mês vira 30 dias dias de ponta cabeça… E eu não sei se é o fim de agosto, ou é setembro que vêm primavera e floresce a mudança que a gente veste e mergulha de cabeça! Por essa e por todas as outras que “estoy aqui” te mostrando o que fez minha cabeça nessas últimas semanas. Se estão mudando as coisas por aí, se joguem na trilha de Bowie, que andou bombando na minha “playlist” inspiração do mês… Bora lá, camaleões?

1. Quer viajar por todo o Sistema Solar “de graça”? Só entrar aqui.

sistema_solar_-_reproducao (1)

2. Dois amigos de Nova York que estão solteiros ao mesmo tempo, por motivos diferentes, decidem ser um casal por 40 dias e documentar o resultado. Aqui você vê o vídeo da introdução do projeto, mas todo conteúdo e os 40 dias estão documentados nesse site: Forty Days of Dating

3. Na matéria do site MARCAPASSO, eles te perguntam: O que faz você se sentir bonito? 

what-mekes-me-feel-beautiful-9

4. João Vitor é para – atleta e vai ter um dia muito importante. Acompanhe: 

5. Através do site Hypeness, conheça um projeto lindo que está espalhando gentilezas pelo Brasil.

DoeSentimentos7

6. O site Youpix listou 7 apps que promovem ações legais e vão fazer você restaurar sua fé na humanidade.

faith-in-humanity-restored-meme-success-kid

7. Crônica da jornalista Ruth Manus falando sobre: O melhor do amor.

6431a95bee4a0cbf6d9ab43f9c8dd695

8. Texto interessante no Blog: Papo de Homem. “Ela não sabe se relacionar porque não teve pai”. 

vergonha-alheia

9. Homem que inventou os pop-ups, pede perdão a internet. Ok, a gente te desculpa, apesar dos transtornos.

10. Lindo texto no blog Mamatraca: Carta de uma mãe ao mundo.

mensagens-de-nascimento-19_bg

11. Um pedido de desculpas mais fofo que eu já vi: Cadence de 4 anos, perdeu a foto do seu tio Dave acidentalmente. Ela diz chorando: “ Você pode nos mandar mais fotos suas?”. Quando perguntam o que aconteceu ela responde emocionada: “Eu deletei sua foto, sua foto foi embora… Para sempre.”

12. O cair da noite em São Paulo, em um timelapse incrível feito no topo do prédio do Terraço Itália.

13. Precisa fazer xixi, mas está na rua e não têm nenhum banheiro por perto? Tem um aplicativo que vai te ajudar a descobrir um banheiro amigo.

vontade-de-faezr-pipi

14. Texto do blog Idéias de fim de semana: Eu não sei lhe dar com a morte.

unnamed

15. Texto do blog Papo de Homem: Jovens lindos e sortudos e fodidos. 

uma-tarde-qualquer

16. A animação sensacional com velas, do brasileiro Joe Penna, ou como muitos conhecem: Mystery Guitar Men.

17. Texto do Pedro Jansen: Quando foi a última vez que você quis ficar com uma só pessoa?

18. Texto do blog Revista Carne Seca: A geração X está chutando o balde.

balde3

19. Falando em balde, o viral do balde de gelo, da campanha em prol do ALS Foundation, chegou com tudo no Brasil, mas com muitas polêmicas.

balde

20. O blog Youpix fez uma lista com 33 momentos que marcaram a humanidade e estão no Youtube.

header_historiadomundo

21. O prefeito de São Paulo, Haddad, quebra regra que proibia pedalar em ciclopassarela. A ação foi registrada pela equipe do Bike é Legal e pode ser conferida no vídeo abaixo

22. Quer ganhar dinheiro só compartilhando e curtindo conteúdo na internet? Agora você já pode.

23. Suplicy joga balde de água com gelo na cabeça e desafia Serra e Kassab.

24. Gosta de cozinhar e quer dicas pra arrasar? Baixe de graça um livro com 500 segredos culinários.

25. PAÇOQUITA X NUTELLA (QUEM GANHA?)

info_pacoquitaxnutella

26. Não curtir as coisas no Facebook, pode ser a melhor coisa que você vai fazer na vida.

27. Tá cansado (a)? Como fazer pra voltar à ativa depois do esgotamento?

28. Conheça e se inspire com o lado fantástico da vida comum.

29. Veja uma lista com 17 coisas que a organização ensina.

30. Sobre o luto e a dor de perceber que não temos mais todo o tempo do mundo.

O que você não quis ver, otário.

Eu só não te dou aquela surra que te deixaria na sarjeta, sem os dentes e sangrando por algumas horas, porque, como ela insiste em dizer sempre, todo mundo merece uma segunda chance. E não to fazendo isso porque sou um cara legal ou porque tenho um coração grande. Tô fazendo isso por puro egoísmo mesmo. Porque, como todo bom amigo, sou eu que recolho os cacos dela e junto todos os pedacinhos de alegria que restam toda vez que um idiota como você cruza o caminho dela. Então, pra me poupar algumas horas de conversas dilacerantes, de um ou outro final de semana em clima de depressão e pra economizar os lenços do mundo, as lágrimas dela e meu coração – que perde um pedaço, toda vez que vê ela triste – vou te contar algumas coisas, bundão.

Você pode não ter reparado, mas ela é menina de sorriso fácil. E é isso que alimenta aqueles dentes lindos dela. Sabe como é, se não houvesse essa facilidade toda no sorriso, aqueles dentes apodreceriam com todo aquele cigarro que ela fuma.

Aposto que você também nunca se deu conta, mas ela dá umas tremidas e seus olhos arregalam (mesmo com toda a força que ela faz pra disfarçar) toda vez que palavras do tipo “casamento”, “igreja”, “altar” e “filhos” são ditas. Isso porque ela já viu muita tristeza matrimonial nesse mundo e acredita que existem milhares de novas receitas pra amar e ser feliz. E, por mais que seja humanamente impossível acreditar, ela se acha egoísta o suficiente pra sentir uma certa incompetência toda vez em que se imaginou sendo mãe. É, ela não odeia crianças. E se você tivesse reparado um pouquinho só nela, veria o quanto ela se dá bem com todo catarrento que ela se mete a brincar.

Veria também que esse tamanho todo, esse amor por esportes brutos e esse espírito masculino que faz ela arrotar, andar de tênis quase o tempo todo, ter uma boca incrivelmente suja, uma ironia correndo nas veias que chega a dar inveja a qualquer homem e esse jeito meio estúpido de ser são só uma carcaça, um escudo gigantesco que esconde um coração generoso; uma pessoa que é toda amor; e uma risada tão escandalosamente gostosa que, só de ouvir, te faz rir também. Você conseguiria enxergar a menina que não sabe dançar, mas que roda na pista com aquela saia rodada até o dia amanhecer, que conversa com a faxineira (que quase varre o pé dela a cada final de festa), que abraça o mendigo que diz que ela tem o sorriso mais lindo desse mundo (e ele tá coberto de razão), que faz um esforço danado pra aprender inglês, que se dá incrivelmente bem no portunhol, que não sabe nada de francês e que, do alemão, só conseguiu o isqueiro emprestado.

Se você não fosse tão mané, veria que ela não diz muito sobre ela porque ela tem muito a fazer. Que ela fica toda tímida quando o assunto da vez são os seus talentos – que ela jura que não existem. E pra você, imbecil, não devem existir mesmo. Você já viu as fotos que ela tira? Já leu algum texto que ela escreveu? Pois é, filho da puta, em cada quadro, em cada linha, tem um pouquinho de você. Se você parasse com esse seu marketing pessoal vagabundo e deixasse de falar de você só por um instante, veria que ela adora cinema, livro, música, bicicleta, natação, cerveja com os amigos, um baseadinho de vez em quando, um domingo em casa só fazendo nada com você, os cachorros dela e de todo o mundo, e que de vez em quando ela gosta do silencio também. Veria que ela é sommelier de porra nenhuma, que não tem nada a ver com alta gastronomia, mas que qualquer drink feito com vontade a faz delirar e que, o estrogonofe que ela faz, tira todo mundo de casa em qualquer domingo modorrento.

Deixaria de – como ela adora dizer quando não quer ser grossa – “comer coco”, deixaria de ser tão burro e se daria conta que ela pode ficar com quem ela quiser, quando quiser, quantas vezes ela quiser, mas que escolheu querer ficar com você, otário.

E, se você parasse de olhar pra esse seu umbigo feio, vazio, magrelo e raso; deixaria de ser tão estúpido, largava essas minhas linhas pela metade e correria pra dar um puta abraço nela. Porque o abraço dela, tru, é o mais forte. O mais gostoso. E é só nele que você vai sentir o umbigo gordinho – e quentinho dela.

Pode Chegar!

17d4e35b45f7520a2d4b2396dfe886be

Ei!

A gente nunca se olhou assim, olho no olho. Mas acho nos encontramos por aí muitas vezes.

Sei que você tava lá quando, aos berros, eu vinha pra esse mundo. Foi você que encheu o peito da mamãe de esperança quando ela me pegou nos braços, desejando que eu fosse saudável e muito feliz.

Você me espiava fresta da cortina e pela fechadura da porta enquanto eu brincava de carrinho e rejeitava todas as bonecas que ganhava. E até aproveito esse momento pra te pedir desculpas por todas as vezes que quase fiz você rolar pela escada do prédio, enquanto eu corria, depois de tocar todas as campainhas possíveis.

Aposto que você saiu correndo, meio assustado, jurando que nunca mais ia voltar, quando minha adolescência chegou. Rezou todos os dias pra que essa fase passasse logo. Quase quebrei seu ombro algumas vezes, quando a gente se trombava, lá pelos treze anos. Quando eu deixei de bater nos meninos, quando eu – mesmo preferindo futebol a fingir cólica pra fugir da aula de educação física – chorei lendo “A Marca de uma Lágrima” e também todas aquelas vezes que briguei com as minhas amigas pararem com aquela palhaçada de príncipe encantado.

Acho que me lembro daquele seu sorrisinho filho da puta, meio maroto, de canto de lábio enquanto eu trocava meus óculos fofinhos por lentes de contato e passava a usar brincos de argola e brilho nos lábios só pra faturar um sorriso daquele garoto boa pinta, o mais velho, que era do segundo colegial.

Acho até que foi você que, discretamente, enxugou minhas lágrimas todas as vezes que os sorrisos esperados passaram longe daqui. Que me ensinou a fazer o melhor brigadeiro de panela do mundo pra acalmar o coração dolorido, toda vez que ele tomou uma paulistinha do destino. E era sua alegria que eu ouvia vibrar todas as vezes que eu me levantava depois de cada tristeza.

Talvez tenha sido seu olhar carinhoso que senti toda vez que a dor do preconceito batia aqui. E, lá de longe, era você que dizia “menina, vai lá ser você, e só assim você vai ser feliz sempre. As fases ruins passam. E gente ruim também”. Você, mesmo passando longe, foi o que mais esteve perto de acreditar em mim.

Sei que deu uma volta generosa nesse mundão. Conheceu de tudo. Viveu além do que eu poderia imaginar viver. Encontrou gente de tudo quanto é naipe. Com todo tipo de história pra contar. Me contou alguma coisa sobre o valor do abraço. E o valor da alegria no meio de duas tristezas.

Eu não sei bem onde você tá agora. Na verdade, eu ainda não sei muito bem se você existe mesmo. Sento aqui no cantinho da sala e acendo um cigarrinho toda noite, tentando descobrir se você tá perdido por aí ou se é só um holograma que se desmaterializa a cada nascer do sol.

Mas se você existe, eu te digo: pode chegar! Não precisa se cerimônia, porque, mesmo que de longe, a gente já se conhece faz um tempo. Não precisa tocar o interfone, muito menos bater na porta. E você também não precisa daquela chave que fica escondida na jardineira aqui da entrada.

Eu não sei muito bem como é seu layout, Mas saiba que você pode vir alto ou baixo, gordo ou magrelo. Pode ser barbado ou pode ter cabelos longos, franjinha e batom vermelho nos lábios. Seja lá como for, eu não ligo muito pra isso.

Pode vir coxinha (mas só um pouquinho) e um tanto em cima do muro. Pode vir excessivamente otimista, só pra contrastar com o meu mau humor matinal. Pode roubar meu cobertor e me chutar a noite inteira. Pode até me deixar acordada a noite toda, contando suas intermináveis histórias sobre como você conheceu o mundo, enquanto come uma pizza nojenta. Pode amolecer meu coração gelado, fazendo aquele carinho sem pretensão, sem promessa de porra nenhuma. Pode até me dar bronca, falando que a minha boca é suja demais. Não precisa baixar a tampa da privada, nem tirar os sapatos pra entrar em casa. Muito menos apertar a bisnaga da pasta de dente só na ponta. Pode fumar cigarro enquanto caga no meu banheiro limpinho, dormir enquanto te conto sobre meu dia cansativo e também pode acabar com toda a cerveja da minha geladeira. Vem de skate, vem a pé. Vem do jeito que quiser. Vem de peito aberto.

E se não quiser vir, tudo bem. Eu entendo. Sério.

Mas se você decidir vir, amor, só te peço uma coisa: não demora, tá?

bdaf590e57cdd5c8db6c42f0d0119e18

30 coisas que eu vi na internet essa semana…

Sim, agora toda sexta-feira, pra animar as conversas do final de semana, te fazer pensar ou pra dar umas risadas, vai ter uma listinha por aqui com as 30 coisas mais bacanas (na minha opinião) que rolaram pela internet durante a semana…

1. Bebê de 1 ano comanda um acampamento inteiro

2. Conheça o Ilustrassom : Projeto que une música com o design: Ilustrações que representam trechos de músicas brasileiras.

 10474900_688567124555369_5840201897678310317_n

3. Conheça a incrível e perturbadora arte em miniatura de Issac Cordal

4. Batalha contra o concreto: Quando a natureza briga por seu espaço e mostra seu poder

tree-roots-concrete-pavement-1

5. Anistia Internacional promove Campanha virtual de arrecadação de beijos contra a homofobia

anistia2

6. Viajar deixa as pessoas mais felizes do que bens materiais.  Sem mais…

amanda-viaja-viajar-deixa-mais-feliz1

7. Adote um cara: Site brasileiro de encontros propõe uma abordagem criativa para unir casais

Adote1Cara_1

8. “THE{ }AND”: um documentário interativo sobre o amor, que mexeu muito com blogueira que vos fala

us-abre

9. Todo o fim é o começo: Crônica do blog um sentimento por dia

Todo-fim-e-um-novo-comeco-um-sentimento-por-dia

10. Quer morar fora e não sabe por onde começar? Veja aqui o passo a passo completo.

pequenos_monstros_como_morar_fora

11. Lista com 11 coisas bizarras que a gente faz com o smartphone

reading-while-driving-1024x578

12. Imagina um despertador que te acorda na cama com um café quentinho? Ele existe!

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

13. Animações divertidíssimas que resumem os clássicos do cinema mundial em 60 segundos.

awqtgj67uri6jou8wjre

14. Garoto ganha braço mecânico feito através de impressora 3D 

alexpring6

15. Pais colocam sementes em cápsula do tempo para seus filhos plantarem no futuro

16. Designer cria sapatos que mudam de salto, para facilitar a vida das mulheres.tanya-heath

17. Quando a Disney e seus personagens se tornam impróprios para menores, na obra de José Rodolfo Loaiza. 

slide_360551_4035859_compressed

18. Artistas palestinos convertem fotos dos bombardeios israelenses em arte, como protesto.

500670307LM002_TENSIONS_REM

19. Olha o que acontece com essa bebezinha, quando ela ouve “Dark Horse” da Katy Perry

20. A conversa mais emocionante que eu já vi de uma filha com uma mãe com Alzheimer

 21. Crianças enfrentando seus pesadelos em fotos no ensaio fotográfico “Terreurs” – ou “Terrores”, em português.

Sem título

22. Para que vai, já foi ou quer casar: Dez pensamentos que toda noiva tem no altar.

giphy

23. Lista com 11 coisas que você provavelmente não sabia sobre os Beatles

dancingbeatles1

24. Quer parar de receber promoções e spans no seu e-mail? O Gmail vai te ajudar! 

gmail1

25. Pra inspirar o final de semana: O fotógrafo Rankin mostra casais apaixonados dando o maior amasso.

460-46153

26. Lista com 10 coisas que você não sabia que o seu Iphone poderia fazer.

iphone

27. Eu preciso largar tudo para ser feliz? Crônica do jornalista e escritor Milton Schubert

n-PETER-PAN-large570

28. Tá em dúvida nas eleições desse ano? O site Preto no Branco e o aplicativo Acordei, disponível pra Android e IOS vão te ajudar.

senado-ccj-voto-obrigatorio-transparencia-politica

29. O quanto você fez parte da história da internet no Brasil? O quizz do Buzzfeed vai te ajudar!

zipmail

30. Para ri sem fim e rir de novo e não parar mais! Vai, Cristiano!

 

20 coisas que aprendemos com a solteirice

É impossível ser feliz sozinho? Infeliz é aquele que não sabe ser solteiro!

1) Criamos anticorpos poderosíssimos contra os olhares de dó que nos são lançados em festas de família. Nossos chakras da criatividade são abertos, quando respondemos pra tia avó, perguntas do tipo “e o namoradinho, lindinha?!” ou quando a namorada nova – e linda – do primo pergunta “tá solteira há quanto tempo?”

2) Desenvolvemos uma paciência oriental ao olhar com serenidade nos olhos dos amigos compromissados quando eles dizem “você precisa conhecer meu amigo lá do trabalho, vocês se dariam super bem, formariam um belo casal… Vamos marcar um encontro?!”

3) Passamos a agradecer por estar solteiros sempre que ouvimos alguma, das inúmeras histórias malucas dos amigos compromissados

4) Ficamos mais egoístas: dar o braço a torcer por qualquer motivo ficará muito mais difícil. E, deixar de tomar uma cerveja com os amigos ou, simplesmente, deixar de ficar em casa de crocs e meia por cima do pijama assistindo um filme, pra levar o totó alheio pra passear será tão cogitado quanto levantar à 7h da manhã de um domingo chuvoso para andar de bike na ciclovia da Av. Paulista. Você nunca mais vai pensar “amar é ceder”.

5) O frio que fica no vazio do outro lado da cama é cortante, sabemos. Mas acredite: antes acordar quase congelada por esse frio, do que acordar com o traseiro esquentado por alguém que você não faz ideia de como foi parar na sua cama.

6) Ouvir a frase “gata, que horas passo na sua casa pra te pegar?” será tão eficaz quanto tomar três laxantes ao mesmo tempo: vai escorrer merda pelas suas pernas.

7) Aprende que deixar um amigo ou outro devendo uma graninha pra você sempre será sinônimo de sentir o doce prazer de ter alguém pagando sua conta.

8) Se você nunca pegou alguém do mesmo gênero, essa é a hora de experimentar. Sério. Seus amigos vão te perdoar, caso você esteja tirando alguma paquerinha deles pra dançar.

9) Algumas armas não são letais como decotes fundos e saias curtas sem calcinha. Porém, são infalíveis: experimente abrir esse sorriso lindo que você tem

10) Copa do Mundo FIFA 2014: nunca mais teremos outra Copa aqui, no quintal de casa. Se você estava namorando, se fodeu.

11) Acalme-se. Nem todos os dias serão felizes. Alguns deles serão vazios e doídos. Mas pra essa e todas as outras mazelas da vida existe um antídoto perfeito: sua família. É, deita no colo de mamãe e come aquele bolo de cenoura com chocolate que ela fez só pra adoçar seu coração. O que? Você jamais recorreria a sua mãe? Algumas outras coisas tem o mesmo efeito: amigos, cerveja, chocolate ou fazer qualquer outra coisa que te dê tesão de verdade.

12) É, aquele “poáta” gato que você conheceu na festa vai te chamar pra um encontro. Você vai se achar a última coca-cola do verão, porque ele marcou o encontro numa sexta-feira à noite. Você vai lotar o whatsapp das suas amigas durante toda a semana e vai surtar nas horas que antecedem esse encontro… E também vai deixar a pipoca e o filme já preparados – porque ele vai furar.

13) Mulher, tá na hora de se acostumar: sim, ele vai abrir a porta do carro, do restaurante ou fará qualquer coisa bem clichê só mostrar que é gentil (em casos assim, acredito que essa gentileza barata se desmaterialize no terceiro encontro). Sim, na maior parte das vezes é você que vai buscá-lo, deixá-lo em casa e, consequentemente, vai fazer aquele sexo na modalidade delivery. E, aceite: cedo ou tarde, você vai ter que dividir a conta. Quanto mais cedo você aprender a usar a frase “meio a meio, né?”, mais longe você ficará de pagar a conta do motel – integralmente.

(Nota: sempre dividi a conta e nunca vi problema. Mas tem gente que ainda acha um absurdo…)

14) Se você curtiu aquela pessoa boa pinta que você pegou na balada semana passada, pense muito bem antes de adicioná-la a sua lista de amigos do Facebook: provavelmente o encanto acaba aí!

15) Pessoas estranhas existem em qualquer lugar do mundo, não respeitam cor, credo ou classe social. Se você se interessar por algum deste tipo, delicie-se antes que isso se torne um problema gritante. E fuja, antes que se apaixone. Ou então, não faça nada disso – e passe o resto dos seus dias reclamando “que o mercado tá ruim”.

16) Conversar é uma arte. Aprenda a dizer coisas que vão além de “seus olhos são verdes mesmo ou é lente?” ou de “que sorriso lindo você tem”. E caso pense em dizer “mas minha nossa, guria, que beleza exótica você tem”, esteja preparado para todo e qualquer tipo de reação.

17) Seja fraterno com amigos recém-separados. E também com os recém-apaixonados: talvez faça muuuuuuuito tempo, mas você já passou por isso antes.

18) Para cada cara escroto que você encontra por aí, tem pelo menos quatro garotas que dão ibope para que eles existam. E, se aquela garota idiota é tão idiota, a culpa é sua, tru. Bloquear no whatsapp ou excluir do facebook não é retaliação, é burrice. Pare de alimentar esse mercado.

19)Algumas coisas são bem claras. Os sinais que o outro dá quando não te quer, são algumas dessas coisas. Quanto menor o tempo que você ficar fingindo que esses sinais não existem, menor será a rejeição.

20)Tenha bons amigos. Verdadeiramente parceiros. Daqueles que riem com você. E que gargalhem de você. Caso contrário, não degustará um terço sequer da vida de solteiro. Nem de nenhuma outra vida.

30 dicas para ser mais feliz no seu trabalho

Tá difícil ser feliz no seu ambiente de trabalho? Pois é, para muitos, encontrar alegria nesse ambiente não é uma das tarefas mais fáceis. Eu vejo gente por aí que não acredita mais que é possível ser bem-sucedido no emprego e feliz ao mesmo. Exatamente por isso, e inspirada na filosofia da startup Happier – uma companhia que ajuda as pessoas a serem mais felizes e saudáveis em suas vidas, que eu juntei 30 dicas pra você se sentir mais feliz no seu ambiente de trabalho. Mas se lembre: Se nenhuma dessas dicas te ajudar, é que tá na hora de voar!

1. Faça uma fuga de 60 segundos

60-segundos-relogio

Escolha um momento no meio do dia pra sair da sua mesa. Deixe tudo de lado, respire fundo, ande pelo seu ambiente de trabalho, coma alguma coisa ou tome um chá ou café. Depois, volte para sua mesa e retome o que estava fazendo. Tendo esse tempo, você vai se sentir renovado e mais calmo, conseguindo ter mais controle sobre os problemas que aparecem durante o dia.

2. Cumpra alguma tarefa, antes de checar seu e-mail.

baixando-e-lendo-livros-no-cpu-3

Isso faz com que você sinta que seu dia já está mais produtivo e com certeza vai aumentar sua energia para encarar as próximas atividades.

3. Escreva, no fim do dia, uma coisa boa que aconteceu.

tumblr_escrevendo

Sim, têm vários estudos que dizem que anotar algo positivo sobre seu dia, faz com que você goste mais de seu tempo de trabalho e se sinta mais animado para encarar o dia seguinte. Portanto, é importante ser grato!

4. Faça de seu espaço de trabalho um lugar mais descontraído

escritoriosdf

Foto significativas e objetos pessoais para deixar em cima da sua mesa, traz mais energia para seu espaço de trabalho.

5. Faça uma gentileza para um colega de trabalho.

fazer-o-bem-no-trabalho

Leve alguma lembrança que seu colega de trabalho gosta. Elogie alguma característica dele, deixe recados engraçados ou chame para um café. Gentileza faz bem e gera gentileza!

6. Mude o ambiente da reunião.

516cf2e39c9f49.55949107

Muitas empresas estão adotando esse método: Ao invés de ficar sentado na sala de reunião, faça uma caminhada fora do ambiente de trabalho, por exemplo. Esse tempo tomando ar fresco durante o dia, faz com que você se sinta mais feliz e a conversa pode ser ainda mais produtiva.

7. Procrastinar com qualidade.

procrastinar

Sim, é muito importante distrair a cabeça no meio do trabalho, mas cuidado: Não é passar horas navegando na web, fuçando a vida alheia. Pelo contrário: Defina uma meta e tire um tempo para descobrir algo novo durante o dia – procure novas receitas, sites ou leia algo em seu site favorito.

8. Agende uma hora para cada tarefa

objectivos

Para não se atrapalhar durante o dia, organize seus horários, fazendo uma lista de prioridades do dia. E durante o horário que você marcou, faça apenas aquilo que você precisa, deixando de lado o que não for necessário.

9. Se movimente e POSTURA!Exercicio-trabalho

Sentar direito na cadeira e se movimentar durante o dia, pode te fazer sentir com mais energia. Levante de vez em quando e sempre que possível, alongue o corpo.

10. Tenha sempre sua música favorita por perto

???????????????????????????????????????

Sempre que precisar relaxar, toque sua música favorita. Antes de ir para uma reunião estressante ou quando sentir que precisa de uma dose de energia é a melhor solução. Ouça, relaxe e vai!

 11. Engajamento

O-marketing-de-conteúdo-B2B-e-seus-maiores-objetivos-vendas-e-engajamento-WLC

Buscar esse desafio a ser alcançado e batalhar por ele é recompensador. Por isso, procure criar um ambiente de trabalho em que possa estabelecer esse tipo de relação desafiadora constantemente, assim quando começar a receber resultados positivos, você acaba valorizando o que faz.

12. Valorize seu talento. Saiba do que você é capaz!

talento

É importante reconhecer suas habilidades, Isso aumenta sua segurança e faz com que os resultados que você persegue sejam alcançados. Procure saber exatamente no que você é melhor e aprenda a usar isso no seu ambiente de trabalho. Se não souber qual é o seu talento, pense que ele está na forma com que você realiza suas obrigações. Como você pensa, o que você gosta de fazer e como resolve os problemas do dia a dia? Seu talento está aí!

13. Esteja aberto para mudar seus hábitos e seu estilo de vida

Motivação-e-atitude-sucesso

Quando temos uma rotina cansativa e desestimulante, fica difícil aguentar as obrigações do dia. Portanto: Abra sua mente e veja o que está errado com a sua rotina de vida. Se preocupe mais com seu bem estar, com seus horários, sua alimentação, seu descanso, exercícios e seu lazer. Isso faz com que você não leve os problemas do trabalho pra casa e mais: Te ajuda e te estimula a produzir cada vez melhor.

14. Dedique parte do seu tempo a tarefas menores

204689_2186

Exitem pesquisas que dizem que ocupar o tempo com obrigações que exigem menos trabalho mental é muito bom, pois dá ao funcionário a sensação de sucesso ao longo do dia. Então tira da frente tudo aquilo que você vem adiando há muito tempo. Assim, sua produtividade vai aumentar.

15. Aproveite a hora do almoço para se desligar e se agradar.

hora-do-almoço-charles-cylde-ebb

Relaxar pode fazer bem ao seu processo criativo, por isso curta a hora de almoço pra comer com calma, descansar e se divertir, por que não? Passeie pela região, almoce com amigos, se dê algum presente. Enfim, RESPIRE!

16. Se apaixone pelo que faz.

felicidade-no-trabalho

Uma das principais dicas para ser feliz  no trabalho é gostar do que faz. Portanto, se respeitar em suas características e buscar fazer o que ama como profissão, é a melhor forma de se sentir bem no seu ambiente de trabalho.

17. Defina metas e objetivos

Hit the target

Planejar a sua carreira é importante! Definir onde você está, aonde quer chegar e qual trajeto vai percorrer para atingir os objetivos. Isso reduz os riscos de frustração e aquela sensação de estar desestimulado e parado no tempo.

18. Foco nos resultados

target

Para fazer os projetos andarem pra frente é preciso apresentar resultados. E quando estamos focados no objetivo, o fluxo de trabalho funciona e a chance de apresentar resultados positivos, aumenta muito e faz o profissional ser reconhecido pelo seu empenho.

19. Aprenda a lidar com conflitos

Conflitos

Pois é: A felicidade no trabalho também depende de um bom clima organizacional. E os atritos pessoais não podem interferir nos resultados. Para gerenciar esses conflitos no trabalho é importante conversar com as pessoas que trabalham com você. Um ambiente de cooperação é mais saudável e contribui para a felicidade. O diálogo e feedback estimulam as relações.

20. Invista na sua carreira

main

Nunca pare de estudar para entender e melhorar o ambiente que você vive. Estar satisfeito no trabalho está relacionado ao seu preparo para assumir a sua posição. Estar atualizado, com cursos, palestras e leituras periódicas, mantém o networking fortalecido e provavelmente se têm uma carreira mais motivada.

21. Tenha uma postura otimista

Positive-Attitude

Para muitos pesquisadores, alimentar a mente com ideias positivas desde a hora em que levanta da cama é a certeza de começar um dia bem. Segundo estudos, a visão otimista e o alinhamento das crenças e valores do profissional com os da organização que se trabalha, também trazem mais felicidade.

22. Coloque algo em sua mesa que o faça sorrir

objetos

Uma foto ou um objeto pessoal que você gosta muito, por exemplo, pode ser uma boa ideia. Mas lembre que depois de certo tempo você passa a ignorar completamente a imagem e seu significado. Para evitar isso troque esse “objeto da felicidade” quando isso acontecer, para se sentir mais estimulado.

23. Sempre tenha algo pra te tirar da rotina da semana

leitura3_plaza_sul

Ir a um restaurante diferente na hora do almoço, ler um bom livro durante 15 minutos ou fazer uma ligação carinhosa para alguém com quem não conversa há muito tempo… Procure agendar alguma atividade simples e rápida, mas cheia de valor pessoal para você.

24. Escolha seus projetos com cuidado

Making decision concept

É importante pensar no seu caminho com carinho. Quando puder escolher os trabalhos ou projetos que irá fazer, procure optar com cuidado e atenção. Quando você faz algo que gosta (pelo qual está entusiasmado e engajado) é naturalmente muito mais feliz e motivado em seu trabalho.

25. Se desafie.

desafiese

Colocar suas aptidões e habilidades em teste, faz com que a adrenalina e a felicidade sentidas em seu trabalho sejam melhores e mais fiéis a todo seu potencial.

26. Controle seu tempo.

86298175

Administre seus horários para organizar seu dia e ter mais controle sobre suas tarefas. Inclua horários de pausa para distrair cabeça durante o período de trabalho. Esse cuidado aumenta seu rendimento e faz com que você não se sinta perdido com tantas tarefas.

27. Faça amigos

friends

Essa nem precisava de legenda, pois fazer amizades em qualquer que seja o ambiente é muito estimulante.

28. Pense no futuro.

futuro

Se você está em uma fase difícil no trabalho e tem dificuldades em se sentir feliz ou até mesmo em paz, procure pensar no futuro, em suas férias ou em outras coisas que podem animá-lo e recuperar seu desempenho.

29. Suas escolhas te fazem crescer.

Escolhas_da_vida

Não importa se é certo ou errado. São as escolhas que fazemos, que nos ajudam a entender se tomamos a decisão certa para trilhar o nosso caminho. Voltar atrás ou ir em frente, não é o problema. Ruim é não tentar!

30. Aproveite. Essa vida é só uma!

felicidade

Sim, meus queridos leitores, a vida é muito curta para que você gaste seus anos em uma área ou um ambiente profissional que você não gosta. E mais: Não podemos lutar para tentar sorrir pelo menos uma vez ao dia. Se perceber que as coisas não mudam – não importa o quanto você tente -, procure por novos desafios, mesmo que isso signifique arriscar tudo o que conquistou até agora. Acredite: o muito na infelicidade é nada se comparado com a alegria de estar realizado em algo simples.